Um cantinho para sonhar, desabafar, partilhar, divulgar, voar, sorrir, emocionar...o meu cantinho secreto!

Foto tirada pela girafa antes de se transformar em Nenúfar...na vida real - Lago de Jardim em Mafra.

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008




Eis que surge o tempo de....

..... renovar,

............começar de novo,

.................inovar


Uma folha em branco...

.... uma tela limpa para colorir com novas cores


Desejo que estas cores sejam...

... INTENSAS,

.........Mágicas

...............MARAVILHOSAS...

.................... ALEGRES, Vivas...


Uma vez durante um ano, pelo menos uma...


Formulem desejos, SONHEM e façam por construir um MUNDO MELHOR!!


Que a HUMANIDADE mostre o seu calor, se dê mais, SORRIA com sorriso pleno e aberto.


Um ANO de 2009 BOM para TODOS vós!!!!




segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Relações Humanas - Professor de Sucesso - Parte I (Continuação)



Aqui vão os restantes pontos que ficaram por referir no post anterior...

16. Ter alunos que lhe oferecem uma flor, lhe dão um beijo/abraço, lhe mostram os seus poemas ou, de qualquer outra forma, consigo partilham o seu mais profundo sentir - Antes das férias de Natal tive direito a beijos e a postais de Natal...até uma prendinha recebi! Que bom, aqueceu-me o coração!!

17. Ter alunos que, já adultos, lhe vêm agradecer aquilo que lhes ensinou. - Ainda não dou aulas há tempo suficiente para que isto aconteça...ahhh...mas tenho esperança:-)!

18. Ter alunos que escolhem ser professores no futuro por causa da forma fantástica como desempenha essa sua função. - Meus queridos alunos, não vos aconselho nada serem professores, porque não está nada fácil!! É preciso muita dedicação, carinho, afecto, trabalho, aplicação, BOA VONTADE (TANTA)...e dinheirito nos bolsos, porque o que nos dão não chega!!!! - ele é tinta para a impressora, papel para imprimir e fazemos tanta coisa que não tem nada a ver com as nossas "competências"...depois, poucos são os que nos dão valor!!! Mas se gostarem de corpo e alma...sigam em frente!

19. Ter alunos que, daqui a muitos anos, num qualquer debate ou conversa, vão usar as memórias que guardaram de si como um dos mais positivos exemplos de doação pessoal e envolvimento profissional. - Ahh...isto sim, seria a cereja no topo do bolo, a excelência da nossa profissão, a nossa glória!! Digamos que se isto acontecer, eis que cumprimos a nossa missão enquanto educadores / professores. Tenho uma grande vontade que isto venha acontecer, no meu futuro.
Depois destes pontos todos, referidos neste e no post anterior, devo ainda referir que considero a competência em termos de conhecimentos ciêntíficos (dentro da minha área que é ciências e matemática), extremamente importante...

....ter um cuidado permanente com o que leio nos manuais (que por vezes têm erros);

....ir a fontes mais seguras (aos compêndios, mais profundos sobre o que estou a ensinar),

... actualizar-me de forma permanente e conversar com os colegas da mesma área para esclarecer um ou outro ponto que, para mim, possa levantar dúvidas (não acredito que hajam professores com certezas absolutas e se os houver...ponho em questão as suas competências...


sábado, 27 de dezembro de 2008

Relações Humanas - Professor de Sucesso - Parte II






É óbvio que não venho para aqui lastimar-me e carpir mágoas, não faz nada o meu género, antes pelo contrário - já identificámos parte do problema...a sociedade, ou seja os seres humanos que a compõem precisam de tempo e espaço uns para os outros, precisam de afectos e relações construtivas, que os façam crescer....

Falemos então da minha área profissional - do ensino e dos professores.

Ser um Super-professor ou um professor de sucesso, passa muito pelos afectos...

Ora vejam só o que os autores do livro "educar para o optimismo" escreveram sobre este assunto:

Características de um professor de sucesso:

1. Partilhar um espírito alegre e entusiasmado

( eu falo por mim..às vezes entusiasmo-me de tal maneira que chega a hora da saída e não dei por ela:-) e trocamos muitos sorrisos dentro da sala de aula. É um prazer para mim estar com os meus alunos.



2. Saber que aprender é um processo afectivo, e que se deve dar prioridade às emoções envolvidas na aprendizagem.

( um dia destes, uma aluna daquelas difíceissssss, muito problemática, capaz de responder "torto" a toda a hora, uma miúda já crescida para a turma em que está, fazia uma composição em estudo acompanhado...dizia não ser capaz, que não fazia, que não queria, que se estava marimbando para tudo aquilo...sentei-me ao pé dela e conversei sobre como passava o Natal...percebi que tinha uma ligação muito forte com a irmã, com quem ia passar o Natal...começou a escrever como passava o Natal...foi bonita a composição que surgiu e eu, conheci-a mais um pouco e ela sentiu-se bem!).

3. Gostar daquilo que faz e ter prazer em estar com os seus alunos. (Já disse ali atrás!!).


4. Inspirar e motivar os alunos e colegas. (ui, nisto eu sou perita! é que sou uma "idiota" no bom sentido:-) estou sempre a inventar coisas que fazer com os alunos e depois gosto de enviar aos meus colegas por e-mail e dizer-lhes - olha o que eu fiz!! Não está giro?!). Pelo menos inspiro pela idiotice:-))!


5. Conseguir ligar o que ensina à vida real e aos interesses dos alunos. Eu tento, mas tenho que me lembrar disto mais vezes!


6. Conhecer cada aluno de forma individualizada. Isto leva o seu tempo...mas eu vou conseguindo.



7. Ter alunos com bom desempenho dentro das capacidades que possuem. Esta é que é mesmo complicada!!! É que temos alunos tãoooooo diferentes dentro da sala de aula, com necessidades tão diversas e estamos tão limitados em termos materiais e somos só "UM"!! Mas sim, há que tentar, sempre, e com força de vontade, conseguimos!!´


8. Ter alunos felizes que sorriem que brincam que têm sentido de humor e que gostam de estar dentro da sala de aula. Ahh...isto também tenho a certeza que acontece nas minhas aulas, sorrisos, até gargalhadas, bem estar e alegria...gosto por estarmos juntos a aprender.


9. Ter alunos que o/a admiram e que não têm medo de si nem o/a desrespeitam. Bem isto de respeitar o professor já não é o que era!! É complicado! ELes tratam-nos, por vezes, assim de qualquer maneira, mas quando mostramos que de facto nos preocupamos com eles...passa a existir um certo grau de consideração, o que é perto do respeito!


10. Ser um modelo positivo e credível, ou seja, alguém que os alunos e colegas gostam de imitar. Lá positiva sou:-))!

11. Conseguir um bom diálogo pais-professor-aluno-escola.


12. Gostar tanto de ensinar como de aprender, e ter vontade de saber sempre mais. E eu digo - SEMPRE.


13. Ter alunos que se entreajudam, tanto nos aspectos escolares como nas relações sociaias.
ISto eu acho que vai acontecendo mais ou menos, nas minhas turmas.


14. Ter turmas que não têm nenhum aluno "excluído" ou posto à margem.


15. Ter alunos reflexivos, participativos e criativos, que falam, expõem as suas ideias e o/a confrontam de forma saudável. Eu costumo alimentar os diálogos, as questões em torno dos temas e a reflexão à roda de outros assuntos que não propriamente o conteúdo directo. Mas é preciso muito mais, tenho a noção disso! Mas para isto é preciso muita reflexão e trabalho por minha parte antes de ir para a sala de aula...


In: "Educar para o optimismo" de Helena A. Marujo, Luís M. Neto e Maria de Fátima Perloiro
Imagens do clipart do microsoft office

Bem, os restantes pontos colocarei num outro dia, é que estou a aborrecer-vos com tanto texto e já estou cansadita também!

Relações Humanas - parte I


Numa altura em que mais uma notícia de más relações entre professores e alunos vem a lume, não obstante a época de união familiar, que, deveria acontecer pelo menos nesta altura em que se vive o Natal...queria deixar algo para reflexão.


Estou em crer que muitas das coisas que se passam dentro das escolas têm haver com o reflexo da sociedade em geral - se a sociedade como um todo, não está bem, como poderão estar as nossas crianças e adolescentes? Como poderão estar as mães, os pais, os maridos e as mulheres, os irmãos e os amigos, os avós, etc?!

E, quanto a mim, uma boa dose destes problemas ficam a dever-se a carências em termos afectivos e de tempo/espaço, a verdade é que não temos tempo uns para os outros e, muitas vezes, já não nos reconhecemos...

Não reconhecemos os alunos, os nossos filhos, os nossos maridos e mulheres, os nossos familiares, os colegas...enfim, pois se não estamos com eles (verdadeiramente) será que alguma vez os chegámos a conhecê-los(verdadeiramente)?!

Vou fazer isto por partes para não custar tanto a ler:-))!

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Postal de Natal





Que este Natal seja um tempo......

....de partilha, esperança, alegria, amizade, amor, família e tudo o mais de bom que vos aqueça os corações...

E que 2009 seja assim pleno, e aqui, cheio, bem cheio de partilhas, como foi sempre desde que conheci e entrei para a blogosfera.

A todos os bloguistas que visito e por quem sou visitada...um grande bem haja!!

A todos os que por aqui passam, nem que seja por um mero acaso...saudações natalícias!

A todos vós - UM ABRAÇO DO TAMANHO DO MUNDO com aroma a Natal!!!

domingo, 21 de dezembro de 2008

NATAL À BEIRA-RIO de David Mourão Ferreira, ilustração da minha filhota!

Desenho feito pela minha filhota (Natal de 2008/ 7 anos)


Às vezes, as imagens não precisam estar, exactamente, de acordo com os textos! Às vezes temos uma vontade enorme de partilhar coisas que não têm propriamente ligações umas com as outras. Outras vezes, queremos fazer ligações tão subtis que deixem as mentes a divagarem:-)!

Bem, pelo menos o Natal é comum ao texto e à imagem, o que já não é nada mau, o resto deixo às vossas considerações!! E depois, achei o desenho delicioso, mas eu sou suspeita porque sou uma mãe babada (o que também acho que tem haver com a imagem e o texto e a época que agora se vive).



Enjoy:


É o braço do abeto a bater na vidraça?
E o ponteiro pequeno a caminho da meta!
Cala-te, vento velho! É o Natal que passa,
A trazer-me da água a infância ressurrecta.

Da casa onde nasci via-se perto o rio.
Tão novos os meus Pais, tão novos no passado!
E o Menino nascia a bordo de um navio
Que ficava, no cais, à noite iluminado...

Ó noite de Natal, que travo a maresia!
Depois fui não sei quem que se perdeu na terra.
E quanto mais na terra a terra me envolvia
E quanto mais na terra fazia o norte de quem erra.

Vem tu, Poesia, vem, agora conduzir-me
À beira desse cais onde Jesus nascia...
Serei dos que afinal, errando em terra firme,
Precisam de Jesus, de Mar, ou de Poesia?


David Mourão-Ferreira, Obra Poética 1948-1988Lisboa, Editorial Presença, 1988

domingo, 14 de dezembro de 2008

Natal Informático



Descobri este texto algures na net, tem a fonte lá em baixo, não sei se foi quem o escreveu, mas achei muito engraçado e, claro está, quis partilhá-lo...

Pensei várias vezes se havia de dar uns "retoques" para tornar este texto mais português e "menos" brasileiro. Cheguei à conclusão que não era isso que tinha importância, porque o conteúdo não tem forma, apenas o "recheio" é que conta (não o do perú...esse é só no dia 25!!) .

Dê um CLIQUE DUPLO neste NATAL!
ARRASTE JESUS para seu DIRETÓRIO PRINCIPAL,

SALVE-O em todos seus ARQUIVOS PESSOAIS.

SELECIONE-O como seu DOCUMENTO MESTRE.
Que ele seja seu MODELO para FORMATAR sua vida:

JUSTIFIQUE-a e ALINHE-a À DIREITA e À ESQUERDA,

sem QUEBRAS na sua caminhada.

Que JESUS não seja apenas um ÍCONE,

um ACESSÓRIO, uma FERRAMENTA,

um RODAPÉ, um PERIFÉRICO,

um ARQUIVO TEMPORÁRIO,
mas o CABEÇALHO, a LETRA CAPITULAR,

a BARRA DE ROLAGEM de seu caminhar.

Que Ele seja a FONTE de energia para sua ÁREA DE TRABALHO,
o PAINTBRUSH para COLORIR seu sorriso,

a CONFIGURAÇÃO de sua simpatia,
a NOVA JANELA para VISUALIZAR o TAMANHO de seu amor.

No seu dia-a-dia,

seja Ele o PAINEL DE CONTROLE

para DESFRAGMENTAR sua vida,

fazer DOWNLOAD de seus sonhos e OPTIMIZAR suas realizações.

DESATIVE seu egoísmo,

COMPACTE suas liberdades,

CANCELE seus RECUOS, e DELETE seus ERROS.

COMPARTILHE seus RECURSOS,

ACESSE o coração de seus amigos. e ESCANEIE para eles o que você tem de bom.

Não deixe à MARGEM ninguém,

ABRA as BORDAS de seu coração e

REMOVA dele o VÍRUS do desamor.

Antes de SAIR, coloque JESUS nos seus FAVORITOS

e seu NATAL será o ATALHO para sua felicidade!

CLIQUE agora em OK para REINICIAR e ATUALIZAR seus CONTEÚDOS!

Fonte: Gerardo Cabada Castro

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Falavam-me De Amor


Quando um ramo de doze badaladas

se espalhava nos móveis e tu vinhas

solstício de mel pelas escadas

de um sentimento com nozes e com pinhas,


menino eras de lenha e crepitavas

porque do fogo o nome antigo tinhas

e em sua eternidade colocavas

o que a infância pedia às andorinhas.


Depois nas folhas secas te envolvias

de trezentos e muitos lerdos dias

e eras um sol na sombra flagelado.


O fel que por nós bebes te liberta

e no manso Natal que te conserta

só tu ficaste a ti acostumado.


Natália Correia

O Dilúvio e a Pomba Lisboa,

Publicações D. Quixote, 1979


Digam lá se a nossa Natália Correia não sabia tão bem brincar com as palavras?!


Deixo-vos um desejo de bom feriado!

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

História Antiga

Estou atrapalhada com imenso que fazer...são fichas de avaliação de três turmas para corrigir, objectivos (parvos) para alinhavar...aulas para preparar, filhos para apoiar, eu sei lá...

O tempo de blogosfera é o mais prejudicado...por isso é raro agora comentar ou visitar espaços amigos, as minhas desculpas e a promessa que quando me sentir mais aliviada, voltarei a comentar...

A actualização deste meu canto também fica assim meia complicada...

Mas o Natal está aí a chegar, e então fui à procura de poesias de Natal...

Encontrei coisas lindas, vou tentar colocá-las aqui uma a uma (step by step) até ao Natal...


História Antiga


Era uma vez, lá na Judeia, um rei.
Feio bicho, de resto:
Uma cara de burro sem cabresto
E duas grandes tranças.

A gente olhava, reparava, e via
Que naquela figura não havia
Olhos de quem gosta de crianças.
E, na verdade, assim acontecia.

Porque um dia,
O malvado,
Só por ter o poder de quem é rei
Por não ter coração,
Sem mais nem menos,
Mandou matar quantos eram pequenos
Nas cidades e aldeias da Nação.

Mas,
Por acaso ou milagre, aconteceu
Que, num burrinho pela areia fora,
Fugiu
Daquelas mãos de sangue um pequenito
Que o vivo sol da vida acarinhou;

E bastou
Esse palmo de sonho
Para encher este mundo de alegria;
Para crescer, ser Deus;
E meter no inferno o tal das tranças,
Só porque ele não gostava de crianças.

Miguel Torga
Antologia Poética, Coimbra, Ed. do Autor, 1981

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

O que é, para ti, um professor que motiva os alunos?


Para além de outras raízes da indisciplina, existe uma que considero muito importante...a falta de motivação por parte dos alunos, a falta daquele "brilhosinho" nos olhos, quando os professores falam...é por isso que ando à procura de formas de estar e de ser dentro da sala de aula e mesmo fora dela, que CATIVE a vontade de aprender por parte dos alunos.


Por vezes, consigo ver o tal brilhosinho nos olhos dos meus alunos e quando tal acontece, chego ao fim do dia feliz e com a sensação de "dever cumprido"!!


Excertos do livro referenciado abaixo (opiniões de alunos do ensino básico):


Ana: "É um professor que explica a matéria usando ilustrações e histórias. Quando vê que estamos a ficar muito cansados e fazemos barulho, ele para um bocadinho e conversa connosco, como o Professor de Matemática."


João: "É um professor que seja nosso amigo e converse para saber os nossos problemas, não dê a matéria a correr e ajude a tirar dúvidas."


Raquel: "Gosto dos professores que nos tratem por "tu". Há disciplinas muito difíceis, porque é preciso estar com muita atenção e a maior parte de nós não consegue estar muito tempo sossegada."


Mafalda: "É um professor que nos deixe estar descontraídos na aula. Há professores que se vê que gostam de ensinar e outros que não gostam e estão sempre a pensar que os alunos estão a gozar com eles....Na disciplina de Físico-química fazemos experiências e isso torna as aulas mais vivas."


Sara: "Embora haja disciplinas em que é mais difícil motivar os alunos, penso que o bom professor deve provocar a interacção, promover a investigação e a participação activa de todos os alunos. "


in "Motivar os alunos - criatividade na relação pedagógica: conceitos e práticas." de Maria José Balancho e Filomena Manso Coelho.

sábado, 15 de novembro de 2008

SÊ...Cheio - Pleno - Inteiro.


Ia eu na minha viagem a caminho da minha escola, lendo um livro: "Motivar os alunos - criatividade na relação pedagógica." de Mª José Balancho e Filomena Coelho, quando me salta à vista este excerto de Fernando Pessoa:

"para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No minímo que fazes.
Assim, em cada lago a Lua toda
Brilha, porque alta vive."


Ricardo Reis/Fernando Pessoa, in Obras Completas

...

Fiz um grande sorriso (tomado, provavelmente, como pateta para os outros viajantes!) e lembrei-me de partilhar convosco.

...um excelente Fim de Semana!! CHEIO - PLENO - INTEIRO

domingo, 9 de novembro de 2008

A UNIÃO faz a FORÇA!!

Foto daqui

Ontem lá estive na manifestação de professores....foi para mim, em momentos, arrepiante. O facto de termos conseguido juntar tantos professores, de forma ordeira, correcta e em ambiente de respeito e de amizade pelo colega que estava ali ao nosso lado, fosse de que escola fosse, é no mínimo SIGNIFICATIVO e deverá colocar as cabecinhas dos Srs. Governantes a pensar...

Confesso que sou pouco de multidões, de manifestações e de "dizer mal de tudo e de todos". Confesso que pensei em não ir, porque comecei a dar aulas em Outubro, fui colocada agora novamente, nem salário ainda tive!! O dinheiro, esse, tenho que o contar muito bem contado, porque muitas vezes não estica...mas de imediato tomei a decisão de ir, quando ouvi no dia anterior ao da manifestação:


- "Não é do conhecimento do M.E. a suspensão do processo de avaliação, por parte de qualquer escola...tudo está a decorrer dentro da normalidade!"


Ui.........subiu-me um calor pela espinha acima!!! É impressão minha ou existe um certo grau de autismo no M.E.??? Respeito imenso as pessoas, incluindo os governos e as suas equipas...mas, confesso que isto é um pouco abusador!! Para respeitar é necessário ser respeitado!! Eu respeito - tu respeitas!! E será que alguém lá da equipa da Srª Ministra tem e-mail?? É que se tiver eu ofereço-me para enviar a quantidade enorme de cartas de várias escolas, que recebi no meu e-mail, a explicarem porque tomaram a decisão de suspender o processo de avaliação!!


De uma vez por todas, é necessário que a sociedade sinta que OS PROFESSORES NÃO QUEREM DEIXAR DE SER AVALIADOS!!! A AVALIAÇÃO deve ser feita a professores, trabalhadores de forma geral (incluindo médicos, ministros, advogados, juízes, jornalistas, pedreiros, senhoras da limpeza...., mas não é só atribuir 8 e 9 numa escala até 10, porque sim e está bem, pronto!!), alunos, todos nós...agora...há formas e processos que fazem a diferença.


Este, em que existem "n" papeis (elevado a n), em que coisas ridículas como:


- o professor é responsável pelo abandono escolar (e o resto da sociedade?? Os antecedentes do aluno?? A família?? Bem, há falta de bodes expiatórios o professor pode servir!!);

- o professor é responsável pelo sucesso dos alunos (e eu que até sou professora de matemática, estou feita ao bife, porque o colega de EVT ou Educação Física consegue melhores resultados...);

- os conteúdos do programa devem ser TODOS dados;

- devo preencher o que dei, como dei, quando dei, porque não dei...


E mais particularidades como: o Professor Titular, que de repente se vê com este nome, tem que avaliar os colegas, que também poderiam ter sido Professores Titulares, e tem que avaliar um prof. de TIC quando lecciona Físico-Química; e mais aquela em que o desgraçado do avaliador, que deixa os seus alunos e as suas aulas para avaliar, se vê na embaraçosa tarefa de comparar planificações e estratégias, como ? Tipo - a minha é melhor que a tua porque ...(quem diz?? alguma Escola Superior de Educação?? Ou entidade competente para o efeito?? Terão os Professores Titulares, por se chamarem assim, competências e capacidades científicas maiores do que o colega que também o poderia ter sido, mas não foi por "dá cá aquela palha"??), ou Tipo - essa estratégia que utilizaste não deverida ter sido assim (porquê?? Será que a tua que propões é a melhor?? Queres experimentar com esta turma que conheço melhor que tu????).


E aqueles que (como eu) contratados, desgraçados, sem carreira muito menos progressão, que até fizeram a sua profissionalização há pouco tempo (eu já tenho duas licenciaturas - engª florestal e professores de ensino básico, mat/ciências), ainda vamos ter que fazer mais um exame??????????!!!!!! Para entrar na dita cuja carreira? e se não tivermos "x" valores, estamos inibidos de concorrer??!

É impressão minha ou algo vai mal?? Não haverá outro tipo de trabalhos interessantes para fazerem??


Porque não lançam formação profissional "decente" para os professores?? Em ciências existe uma evolução enorme, há desactualizações, há erros nos manuais...(é só um exemplo). Temos alunos com necessidades especiais, dentro da sala de aula, e muitas vezes não sabemos como chegar até eles, como motivá-los, que tipo de actividades...E um curso com pessoas da área da psicologia e afins, acerca do controlo de comportamentos e manter a disciplina dentro da sala de aula??? Como motivar alunos de bairros problemáticos e famílias complicadas???...tantos professores poderiam dar tantas sugestões aos Srs. do Governo...mas caso não as aceitem, proponho que passem uma (só uma) semana com os meus alunos (ou de qualquer outro professor)...surgiriam imensas questões e acções!!


Qual é o objectivo? Tirarem aos professores a PAIXÃO de dar aulas, de estar com os seus alunos, de partilhar ideias, de transmitir conhecimentos, valores?


Desculpem, isso pelo menos a mim não tiram!! Eles - os alunos - serão sempre o que vem em primeiro lugar, é por eles que me movimento na minha profissão, gastarei sempre mais tempo a planear tarefas, pensar estratégias, pensar em como motivar e mobilizar saberes, fazer fichas e elaborar experiências, imaginar visitas de estudo e mobilizar ideias...sempre muito mais do que preencher grelhas que não nos levarão a lado nenhum!!


Duvido muito dos resultados da avaliação de professores feitos desta forma. Lembrem-se sempre, Ex.mos Srs. Importantes Aí de Cima, que as coisas mais simples são quase sempre as mais eficientes e lembrem-se também que existe muita gente competente, a lutar de corpo e alma e a fazer sempre as coisas com muito amor, porque muitos de nós sabemos que temos na nossa mão as futuras gerações, nós conhecemos as crianças que serão o futuro de Portugal, por isso, não será a altura de nos darem um pouco de atenção??? Podiam-nos ouvir?? Uma vez que fosse?? Obrigada!


Aos colegas posso dizer que tenho ORGULHO de pertencer a esta classe de profissionais, no meio de tanta gente, vi colegas de escolas onde já tinha passado, vi colegas a abraçarem outros por não se verem há algum tempo, vi colegas que não esperava encontrar e encontrei...vi cartazes com dizeres inteligentes, em geral, respeitadores e engraçados, vi e senti CALOR HUMANO, vi na cara de muitos, descontentamento, mas sempre consegui sentir sorrisos de esperança e acolhimento - A CLASSE, ontem esteve UNIDA. E quando se pediu silêncio, fizemos aquilo que os nossos alunos, por vezes não conseguem fazer - obedecemos ao silêncio, e sentiu-se o vazio de uma classe mal tratada, mas que continua a ser uma das bases de um país, senti VALOR HUMANO. PARABÉNS aos excelentes professores que este país tem.


Fica um excerto do Livro de Augusto Cury "Pais Brilhantes, Professores Fascinantes":


"Os Professores de todo o mundo nunca desejaram ser mais poderosos nem mais importantes do que os membros das forças armadas. Desejamos apenas ser importantes no coração das nossas crianças. Almejamos levá-las a compreender que cada ser humano não é apenas um número na multidão, mas um ser insubstituível, um actor único no teatro da existência".

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Rebebebéu pardais ao ninho, time to talk...


A primeira coisa a dizer é que de facto quando menos esperamos vem uma notícia que altera o nosso percurso. As notícias podem ser más, boas ou assim assim, no entanto, só sabemos mesmo passado algum tempo...


Estava eu com a minha turma de rebeldes e com a cabeça já em água porque não sabia o que fazer para alterar o comportamento de indivíduos que na escola pouco fazem...quando vem a notícia (através de uma colega) de que fiquei colocada numa cíclica (a 5ª). Eu que pensava já ter "saltado" das listas, uma vez que já estava colocada...tremi quando ouvi do outro lado do telefone:


- Olha vou dar-te uma novidade...foste colocada na 5ª Cíclica..

- Como?? Onde???? (tremia eu por todos os lados a pensar mudar-me outra vez para o "Cú de Judas";

- Lisboa...14 horas.


Bem já não era mau, pelo menos já não ia para Bragança ou Algarve ou outra coisa do género, e depois até poderia acumular com o outro horário...


Qual quê, sorte não costumo ter, logo, aconteceu o mais provável...tive que desistir dos meus alunos "rebeldes", porque as Cíclicas não são passíveis de se desistir.


Custou-me, doeu porque é terrível quando os alunos começam a criar laços connosco e nós com eles...e juro que não eram nada fáceis, mas eu queria-lhes bem e não é nada correcto para as crianças irmo-nos embora assim...tentei explicar que não tinha desistido deles, que era assim o sistema...mas é complicado!



Já fui à nova escola, gostei...mas agora vou demorar a criar laços, mas vão-se construindo com o tempo...



Entretanto as questões da disciplina e controlo de comportamentos dentro da sala de aula continuam a ser alvo das minhas atenções, julgo que dentro de uma sala de aula existe um grande jogo de energias, penso que temos que identificar claramente os indíviduos perturbadores, logo desde o início e encaminhá-los desde cedo. Uma vez encaminhados esses a turma fica mais estável. Vou ler muito sobre estes assuntos...também me parece que a escola actual não favorece muito a disciplina, uma vez que tentamos impingir conteúdos a crianças que poderão não estar muito motivadas para esses específicos conteúdos...era mais interessante serem eles a seleccionar conteúdos de pacotes formativos e a estudarem e ouvirem o que de facto fosse pertinente para eles...



Bem isto dava uma imensa e longa discussão, não sei se estão a ver, por exemplo, Ciências da Natureza é um mundo, há conteúdos incluídos no programa e termos que acho absolutamente insignificantes. Mas, isto será uma escola lá para o século XXII...

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Coisas da vida...


Às vezes a vida troca-nos as voltas...


A minha está em alteração constante...

Um dia destes eu conto! Até lá fiquem bem.

sábado, 1 de novembro de 2008

Algumas recordações que guardo...


Neste dia de todos os Santos, em que é habitual recordarmos quem já foi para outros lados, mas que nos marcou, quando passou por cá...recordo com carinho e ternura duas pessoas que me influenciaram imenso... os meus avós maternos.

Com o meu avô era habitual, aos fins de semana, ir até ao centro da vila de Nazaré, onde viviamos nessa altura. Compravamos livros do Tio Patinhas (para mim) e livros de Cowboys para ele!! Gostava de fazer patuscadas, petiscos e era dado às tasquinhas onde se comiam e bebiam coisas que ele gostava, sempre em conversas soltas com os amigos. Pertenceu às tunas masculinas de Coimbra...lia-me histórias à noite e contava longasssssss peripécias da travessiva de navio para África. Era delicioso ouvi-lo!!

A minha avó, era dada às costuras e muito prendada para fazer chapeús de senhora. Iamos as duas para a cozinha, fazer a sua deliciosa tarte de maçã (da qual perdi a receita, com muita pena minha), talassas (espécie de goufres), e riamos muito as duas, num pequeno apartamento em Coimbra, que ela dizia ser o seu "cantinho". Um dia soltei boas gargalhadas quando percebi que tinha dito "sumo de careca" ao invés de "some-te careca", expressão que utilizou a propósito de algo que correu mal na cozinha!!

Acredito profundamente que continuam os dois a existir algures no tempo e no espaço, a eles estendo um enorme abraço e um agradecimento no tamanho mundo, por tão bem me transmitirem coisas bonitas, fazendo de mim, parte do que sou hoje!!



Inscrição Para Um Portão De Cemitério

"Na mesma pedra se encontram,
Conforme o povo traduz,
Quando se nasce - uma estrela,
Quando se morre - uma cruz.
Mas quantos que aqui repousam
Hão de emendar-nos assim:
"Ponham-me a cruz no princípio...
E a luz da estrela no fim!"




Mário Quintana

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

A magia está no ar...peguem nas vossas vassouras e vamos voar por aí!!

Recados e Imagens - Dia das Bruxas - Orkut

Já publiquei no ano passado um pedaço do texto de António Mota "Numa casa muito estranha", penso que vale a pena repor e vem bem a propósito...

...partilhem-no com as vossas crianças neste dia tão... booouuuohhhhhhhh....

Numa casa muito estranha

“Numa casa muito estranha

toda feita de chocolate

vivia uma bruxa castanha

que adorava o disparate

Punha os copos no fogão

as panelas na banheira

os sapatos nas gavetas

as meias na frigideira;

escrevia com fios de água

dormia sempre de pé

cozinhava numa cama

e comia no bidé.

Varria a casa com garfos

limpava o pó com farinha

deitava cem gatos na sala

e dormia na cozinha…”

Recados e Imagens - Dia das Bruxas - Orkut

This Is Halloween



sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Dona Ermingarda - uma tartaruga feliz!



Fotos da Girafa cor de rosa - Outubro de 2008

Dona Ermingarda, a tartaruga que placidamente se encontra nas fotos em cima, chegou lá a casa pequenininha, através das mãos de uma vizinha que a entregou, incumbindo-nos a nobre tarefa de a proteger e recolhê-la num doce lar já habitado por outros seres com escamas, mas laranjas e sem carapaça...

Ela foi crescendo e, com o passar dos anos, ganhou a segurança de quem sabe que ali nada lhe pode acontecer de mal e que há sempre alguém que carinhosamente lhe dá um naquito de carne ou peixe todas as manhãs. A coisa é tal, que ao invés de afoitamente mergulhar dentro do lago quando se aproxima gente, estica o seu pescoço, como se quem diz: "eh lá, hora da refeição", movimenta os olhos na direcção do Dono, que notoriamente já reconhece (pasme-se) e lá fica ela à espera dos nutrientes!

No Verão, mantem-se sossegadita no seu poiso habitual, que é o lago, fugindo ao burburinho e animação das crianças e adultos que se movimentam alegremente pelo espaço exterior do jardim. Quando a "paz" retoma ao quintal, Dona Ermingarda, em jeito de " deixa-me cá apanhar mais sol na minha carapaça", faz um percurso, de forma calma e eficaz, que une lago à piscina, e ali fica, tempos e tempos na borda, antes de dar um mergulho, pleno de satisfação. E vos garanto, que se eu ouvisse os seus pensamentos, podia jurar que dizia, sorrindo entre os maxilares (que a pobre não tem dentes): "isto agora é tudo meu"!
E se todos os animais pudessem ser respeitados assim? Não seriamos nós - Homens - mais Humanos?!

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Não me venham buzinar...vou tão bem na minha mão...lá, lá, lá..

Imagem retirada daqui (aliás, como a maior parte das imagens deste blogue).

Recebi estas "piadinhas" por e-mail, como gosto de vos ver bem dispostos...partilho:




Qual é a única comida que se liga e desliga?
O Strog-On-Off.

Como é que se fazem omeletas de chocolate?
Com ovos da Páscoa.

O que é que um tomate diz para o outro?
-Tomatas-me

O que é que um tubarão diz para o outro?
-Tubaralhas-me

O que é que uma impressora diz para a outra?
-Essa folha é tua ou é impressão minha?

Como é que as enzimas fazem amor?
-Umas enzima das outras.

Diz a massa para o queijo:
-Que maçada!
Responde o queijo:
-E eu ralado!

Sabem o que as vacas usam para navegar na NET?
O Moooooozilla!!!!

Sabem quando é que os americanos comeram carne pela primeira vez?
Foi quando lá chegou o Cristovão co-lombo

Qual a diferença entre a Angelina Jolie e a Kate McCann?
Cada vez que a Jolie vai de férias traz mais um filho

No hospital, pergunta o médico:
- O senhor é o dador de sangue?
- Não, eu sou o da dor de cabeça!



Hoje é sexta...portanto amanhã....FIM DE SEMANAAAAAAA!!!


Obrigada pelo e-mail Chicha Bananica:-)!!


Fica uma musiquinha boa da nossa Susana Félix


Susana Félix - (bem) na minha mão






Abro os olhos e adormeço
Sem a mente fraquejar
Saio pela manhã
De passagem, coisa vã
Derrapagem
Que a viagem tem princípio, meio e fim

Enquanto vergo, não parto
Enquanto choro, não seco
Enquanto vivo, não corro
À procura do que é certo

Não me venham buzinar
Vou tão bem na minha mão
Então vou para lá
Ver o que dá
Pé atrás na engrenagem
Altruísta até mais não

Enquanto vergo, não parto
Enquanto choro, não seco
Enquanto vivo, não corro
À procura do que é certo

Presa por um fio
Na vertigem do vazio
Que escorrega entre os dedos
Preso em duas mãos
Que o futuro é mais
O presente coerente na razão
Frases feitas são reféns da pulsação

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Pulando e saltando...em cima de pregos ou coisa do género:-)!

Fotografia do JVT do "blogue que ninguém lê!"

O amigo João do "blogue que ninguém lê!" lançou há alguns dias atrás (talvez semanas!) um desafio...escrever um texto acerca da fotografia, da sua autoria, que podem ver acima.
Na altura não surgiu a oportunidade de os colocar aqui no meu cantinho, mas fiquei sempre com vontade de o fazer. É que para mim, o tempo é uma coisa flexível e tem é que nos obedecer (não somos nós que devemos obedecer ao tempo!!).

Confesso que este desafio deu-me algum trabalho, porque, inicialmente olhava para a foto e não "saía nada", era complicado...passado algum tempo começaram a surgir ideias.

Tive durante quase uma semana com versões do meu texto no ambiente de trabalho, porque me parecia que ainda não estava bem para enviá-lo...ia melhorando um pouco (melhorando ou piorando, não sei, isto é tudo muito subjectivo:-)!)...pouco a pouco.

O meu texto ficou assim:

Saltarei, seguirei, pularei…


Será apenas um caminho…uma linha a seguir?

Sendo ou não, saltarei, seguirei essa linha,

Saltitando de saliência em saliência, pedra em pedra, obstáculo em obstáculo.

E no fim? Estará um pote de ouro, como quando existe um arco-íris?

Talvez…tentarei, seguirei, saltarei!

Será que são os seixos que fizeram ricochete quando, em criança, os atirei aos ribeiros?
Será que mergulharam, estagnaram, engordaram e com o passar dos anos tornaram-se redondinhos?

Saltos, saltinhos, pulos, pulinhos.Passos, passinhos.

Seguindo em frente, enlaçando a felicidade.

Macias as saliências, roliças, lisas, ou talvez já com algumas rugosidades, mas desgastadas com o tempo. Ou elas é que o desgastam – ao tempo? Talvez a vida - desgasta o tempo, as saliências, mas não as rochas duras e casmurras.
E se for no asfalto? O que estará a emergir?

Serão sonhos que resistem e insistem em surgir?

Não interessa, seja o que for, saltarei, seguirei, pulando obstáculos, tocando a felicidade!


No entanto, surgiram vários textos, belíssimos, mostrando que cada um de nós interpreta à sua maneira o que vai observando, fruto, talvez, das experiências e da própria vida, de sentimentos que pululam no momento...não sei!

O que sei mesmo, é que o resultado foi riquíssimo...ora vejam só clicando aqui:

Por fim, descobri que andei a pular e a saltar em cima de pregos!!! Porque afinal, o autor da foto tinha-nos pregado uma partida!! Vejam como um pormenor numa imagem pode alterar completamente o que estamos a observar...

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

The Beginning...

FIQUEI COLOCADAAAAAAAAAAA!!!! Para as bandas do Sado!

Tenho uma turma de 6º ano de CIências da Natureza que são uns verdadeiros diamantes em bruto (tirem a parte dos diamantes!!) era para não dizer selvagens...! Sem regras, sem disciplina, sem interesse...mas eu, cheia de coragem e boa vontade e ingénua até dizer chega, enfrento o "touro pelos cornos" e no final do ano, acredito que os meninos já estejam polidinhos e limadinhos, como se quer!

Lembram-se de vos ter falado das questões da disciplina e falta dela?! Pois é, vejam isto na positiva...vou testar as minhas teorias e verificar se resultam ou não!!

Ahh...o horário é pequenino, pequenino, que só visto à lupa é que se percebe :-))! Eu acredito que consiga acumular com outros de oferta escola (ou não fosse eu alta e cor de rosa às bolinhas).

Como estou feliz (porque apesar de tudo é alegria e temos mesmo é que festejar...), partilho uma música que gosto imenso da Rita Red Shoes...eu estou agora a começar...

Por favor...desejem-me sorte!!! Não vá eu ser atropelada por um OVNI, arremessado por algum selvagem, dentro da sala de aula (hehehe).


Ai...se não fossem os golfinhos!!

The Beginning Song - Rita Red Shoes





You came to this world
To see what I've done
And it's fine

So come and let's start
I'll give you all my heart
This time

Don't walk away
Cause baby I will love you more
I have this feeling
You're who I've been looking for
So close your eyes
And read the signs
It's time to sore

You came to this world
To change what I've done
It's all right

But now you must stare
You can pretend you're there
If you're mine

Don't walk away
Cause baby I will love you more
I have this feeling
You're who I've been looking for
Don't turn away
It's time to stay
There's nothing more

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Porque é dia mundial do sorriso :-)))


Bem hajam todas as pessoas que têm um sorriso espontâneo pronto no rosto...


Que riem "por tudo e por nada",


Que arranjam qualquer pretexto para dar uma boa e sonora gargalhada.


O sorriso abre o estado de espírito, transmite energia positiva, lava a alma.


UM sorriso faz uma pessoa feliz,


faz o outro feliz,


torna um rosto agradável,


mostra simpatia e alegria...


solta o que existe melhor em nós e nos outros...


Pelo menos hoje (e todos os dias:-)) SORRIAMMMMMMM!!!





Alguns videos para ficarem bem dispostos...

In the jungle






Os saltos eram altos de mais!!





Não incomodar o marido quando este está a trabalhar...






Consegui fazer-vos rir? :-)))!!

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Meio cheia, meio vazia...


Tenho deixado este espaço assim meio ao abandono...

Sinto-me com falta de ideias, ou aliás com pouquinha coisa para partilhar, mas tenho lido bastante pela blogosfera e fora da blogosfera. Tenho trabalhado num outro site que gostaria de incrementar dedicado às Ciências e Matemática do 2º Ciclo (ideia que sempre esteve presente na minha mente).

Os Americanos, Canadianos e Australianos (já para não falar de outros) têm sites absolutamente espantosos dentro da área educação nas ciências da natureza...mas raros são os professores portugueses que se dão ao trabalho de ir lá tirar algumas ideias, e são tantas...

Vejam só este que tem todos os biomas da biosfera:


E este sobre as plantas, partes das plantas e termos específicos relacionados com as plantas...

http://www.mbgnet.net/bioplants/food.html

Mas nós também vamos tendo coisas muito boas...vejam só:

http://www1.ci.uc.pt/sementeaofruto/index.php?menu=2&language=pt&tabela=geral

http://esamultimedia.esa.int/docs/issedukit/pt/html/subj4t.html#3

Tenho ideias também de trazer a "lume" algumas partilhas que tive no ano lectivo anterior, sobre indisciplina...não foram esquecidas, estão apenas em banho Maria ( esta discussão tem pano para mangas, penso que temos que reconsiderar imensas coisas dentro deste tema, a começar pela definição de indisciplina).

A minha colocação continua por acontecer, este é um tempo de espera e por mais que me convença do contrário, deixa-me angustiada...assim meio vazia, como o blogue :-)! Sinto falta de estar dentro da sala de aula e de preparar conteúdos. Mas, penso sempre que também estou meio cheia...(é tudo uma questão de perspectivas).


Entretanto, acho que queria ser assim meio mágica (ou mesmo inteira!) como a Mary Poppins - filme que vi com as minhas crianças um destes dias - e encher-me de boa disposição para partilhar convosco...às vezes é complicado...prefiro ir lendo o que escrevem, e escrevem tão bem!!!

Mary Poppins






Um grande SUPERCALIFRAGILISTICEXPIALIDOCIOUS para todos vós :-))!!


quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Bons ritmos e fora os maus cheiros!!


Comecei a escrever um post que começava assim:
Eu, que prezo tanto a separação do lixo para posterior reciclagem...estou quase a deixar de separar! A porcaria é tanta à volta do ecoponto que nem imaginam, lixo que se acumula cá fora, garrafas de plástico e papéis que voam à solta cá fora...bolas, não dá vontadinha nenhuma de ser "boa cidadã"!!

Como se não bastasse, andam a colocar não sei o quê no sub-solo, pelo que à volta do ecoponto está um estardalhaço esburacado! E ao papelão só se chega se conseguirmos voar por cima dos buracos e montes de terra, ou se formos um qualquer super-herói! ..........e continuava a sina amargurada da cidadã que até gosta de separar o lixo, mas está prestes a desistir...

Mas, eis senão quando, me chega à caixa de e-mails este magnífico vídeo, provocando em mim uma sensação de rewind (or reverse the direction) no que ia escrever... esqueçam a "refilisse aguda" (atenção aos puristas da linguagem:-) - "refilisse" não existe!!

...o que queria mesmo era saber dançar assim....é que eu fui a uma aula de danças latinas e estou longeeeeeeeeee disto, mas tenho esperanças (hehehehe)!!!

Toca a animar pessoal...



segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Tarde de partilhas...pequenos milagres...

E assim aconteceu...
A Fátima André teve a ideia de juntar a uma mesa de café algumas bloguistas, da Tribo dos Afectos, para se conhecerem e partilharem "ao vivo e a cores". Foi assim, que ontem conheci a Bluevelvet, a Fátima, a 1/4 de fada e a raposinha...o resultado foi uma tarde super agradável, em que todas conversámos pelos cotovelos e as horas passaram e nós não demos conta!


É engraçadíssimo ver na forma real como é o ser que está "atrás" do blogue que tantas vezes visitamos e comentamos e é magnífico chegar à conclusão de que estamos a viver uma época com incríveis potencialidades, em que é possível juntar gente, apenas porque sentimos afinidade de pensamentos e de alguns sentimentos...a tal empatia!


Através deste meio poderoso que é a Web (teia que depois forma a REDE mundial :-)! - www) conseguimos de facto criar laços de várias formas, coisa que não era possível há uns tempos atrás...e mais ainda...essas pessoas que sentem empatia/simpatia umas pelas outras, mostram-se diponíveis e dão-se umas às outras - PARTILHAM vidas e estados de alma, é bonito não é?! E por último, não menos importante...existem coincidências fantásticas...afinal, algumas das vidas que estamos a conhecer agora, na realidade, já se tocaram em alguma parte lá atrás:-)!


...pequenos milagres acontecem todos os dias!


Obrigada pelas vossas partilhas, pela vossa presença, pelas vossas dádivas, na excelente tarde de ontem, abraço do tamanho do mundo em vós!


sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Mar, maresia e recomeço...


Que este fim-de-semana seja pleno de alegrias e cheio de maresias...ainda que chova e faça tempestade, que no vosso coração surja a energia e GARRA necessárias para começar de NOVO...

Bom recomeço para todos!!



Mar, metade da minha alma é feita de maresia.

Pois é pela mesma inquietação e nostalgia,

Que há no vasto clamor da maré cheia,

Que nunca nenhum bem me satisfez.



E é porque as tuas ondas desfeitas pela areia

Mais fortes se levantam outra vez,

Que após cada queda caminho para a vida,

Por uma nova ilusão entontecida.



E se vou dizendo aos astros o meu mal

É porque também tu revoltado e teatral

Fazes soar a tua dor pelas alturas.

E se antes de tudo odeio e fujo

O que é impuro, profano e sujo,

É só porque as tuas ondas são puras.



Sophia de Mello Breyner Andresen

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Porque...


Recados e Imagens - Colagens - Orkut


Este fim de semana tive a oportunidade de ir ao Oceanário com as minhas crianças e mais algumas... em várias paredes vi poemas da Sophia de Mello Andresen e o tema, como é natural, era o mar. Li com imenso prazer e alguns não conhecia.
Tive a pesquisar e descobri este de que gostei tanto...partilho convosco e ficará para breve os que li e gostei sobre o mar.


Porque os outros se mascaram, mas tu não.
Porque os outros usam a virtude
Para comprar o que não tem perdão.


Porque os outros têm medo mas tu não.
Porque os outros são os túmulos caiados
Onde germina calada a podridão.


Porque os outros se calam mas tu não.
Porque os outros se compram e se vendem
E os seus gestos dão sempre dividendo.


Porque os outros são hábeis mas tu não.
Porque os outros vão à sombra dos abrigos
E tu vais de mãos dadas com os perigos.
Porque os outros calculam mas tu não.

Sophia de Mello Andresen “No Tempo Dividido e Mar Novo”, Edições Salamandra, 1985, p. 79

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

5 valores a transmitir


A Shakti do blogue "silêncio das palavras" desafiou-me a dizer 5 valores que eu considere importante transmitir aos meus filhotes...

É interessante este desafio, porque depois de pensar neles em "catadupa" tenho que seleccionar 5, o que se torna mais difícil... cá vai...

Humanidade: o valor de sentir a alegria e a dor dos outros...é tão importante estar na pele dos outros para conseguir compreendê-los em alturas em que, por vezes, é tão difícil...tanta gente se esquece de ser sensível e sentir os outros...é frequente lidarmos com vários "blocos de gelo" em vez de humanos!

Amizade: ser amigo, é sem dúvida das coisas mais importantes que a vida tem, e ter amigos e a capacidade de os fazer, é o sal e o alento, aquilo que nos permite encarar a vida de uma forma leve e sorridente;


Igualdade: desejo muito que os meus filhos olhem os outros na base da igualdade, não vendo credos, raças, estruturas físicas, ou outras quaisquer "diferenças" e respeitando a cultura e a maneira de ser e de estar de cada um, constituindo isso fonte de riqueza e não de desprezo e indiferença;


Crescer aprendendo constantemente (será que é valor?!:), lá estou eu a perverter isto tudo outra vez! eh pah, é que não consigo obedecer cegamente a estas coisas:-)): o gosto de aprender de forma contínua, até à velhice, colocando-se naquela postura de que: "ainda há tanto para aprender, ainda há tanto para saber...", o valor da busca constante, da procura pelo enriquecimento e crescimento pessoal, assumindo um certo grau de humildade.


Bom humor: ahhh ...como é importante um sorriso no rosto, uma partilha saudável, uma conversa entre risos...faz-nos sentir tão bem e recarrega baterias, é ou não é?!


Estes valores foram os que de imediato me vieram à cabeça, não sei se serão aqueles que tenho transmitido aos meus filhos, eu penso que sim, ou se serão de facto os mais importantes...mas foi o que senti agora.


Sei que por exemplo, o respeito pelo próximo é algo que para mim, também é muito importante e a honestidade também, mas eram só cinco! Escolhi aqueles.


E agora tenho que passar o desafio a 5 bloguistas...coisa complicada...












Bem...aos eleitos devo dizer que só respondem ao desafio se quiserem (mais que óbvio:-), aos que não foram eleitos...eh pahh, isto a vida tem coisas que sabe se lá porquÊ..uns dias uns outros dias outros, é por isso é que o planeta gira, gira, como uma bola colorida nas mãos de uma criança...é que a coisa equilibra-se (hehehehe)!






segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Brincar com as palavras...


Foi a Teresa que me ensinou...
Isto não ficou lá grande coisa, mas a intenção era boa! É uma aplicação muito engraçada, na qual podemos brincar com as palavras..."atiramos" para lá uma série delas...and shake (create)...e já está...o resultado foi este que podem observar cá em cima, mas podem-se fazer imensas outras coisas...experimentem...cliquem em cima da imagem e saltem para uma "world cloud".


A Teresa, do blogue blogica_mente convidou-me para ir beber um café...para nos conhecermos na vida real, já que erámos apenas "virtuais", o resultado foi uma conversa que passou num instante, não obstante do relógio ter marcado horas, tal foi o gosto que tivemos palrar uma com a outra, feito velhas conhecidas!!
Obrigada Teresa, pelo apoio imediato! Pela a amizade oferecida de bandeja, com tamanha alegria no rosto...este é o princípio de uma longaaaaaaaaaaaaa amizade (apostas?!)!




Recados e Imagens - Amizade - Orkut

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Embora apareçam caixotes na foto...já estou instalada!

A vida encaixotada ou os caixotes da minha vida (podem escolher a legenda!!

O prometido é devido, e cá estão os meus caixotes (estes são só uma pequena parte do total!!).

Estes dias não têm sido muito fáceis para mim...ando cheia de incertezas e inseguranças quanto ao futuro, questionando-me se de facto fiz a opção correcta...é um tempo de espera, em que a vida me pede para que me encha de paciência.
Eu espero, por vezes desespero...mas a luz interna de esperança permanece e repito para mim constantemente, apesar da inquietação constante, "vai correr bem", as minhas expectativas têm que ser positivas!

Finalmente os meus filhotes tiveram vaga numa escola, não a mais perto, talvez não a melhor, mas a que foi possível, deixando-me alíviada, mas ao mesmo tempo apreensiva...a ver vamos! A mesma pergunta se me afigura como pertinente...terei feito a opção correcta ao mudar já? Foi este o tempo certo? Respondi a um feeling...não sei se acertado...a vida vai encarregar-se de me responder ou de ir respondendo.


Estou agora a ler um livro que por uma feliz coincidência (ou não:)) me veio ter às mãos, como sabem gosto de partilhar... e por isso deixo aqui excertos do mesmo, esperando que gostem e se envolvam tanto quanto eu!


" ...contornamos o edifício de metal e dirigimo-nos ao talhão de feijões. Notei que tinham um ar extremamente viçoso, não apresentando vestígios de danos causados pelos insectos e folhas mortas. As plantas estavam a crescer num solo que me pareceu rico em húmus. um solo quase fofo; as plantas estavam cuidadosamente dispostas em intervalos regulares ; o caule e as folhas de cada uma cresciam perto dos dos outros, mas nunca se tocavam.
Apontou para a planta mais próxima:
- Tentamos olhar para estas plantas como se fossem um sistema global de energia e pensar no que cada uma precisa para florescer - solo, nutrientes, humidade, luz. O que descobrimos foi que o ecossistema global em que a planta está envolvida é, no fundo, um sistema vivo, um organismo. E a saúde de cada uma das partes, influi na saúde do todo."



"- Quando vir campos de energia noutros sítios - disse Phill - compreenderá até que ponto estas florestas são dinâmicas. Olhe para estes carvalhos. Já não existem muitos no Peru, mas continuam a crescer aqui em Viciente. O abate das florestas, especialmente quando se arrancam árvores como carvalhos e faias para as substituir por pinheiros, tendo em mira o lucro, dá origem a campos de baixa energia. E uma cidade, excepto no que diz respeito às pessoas, tem uma energia de um tipo totalmente diferente."
In Profecia Celestina de James Redfield



As ideias que tenho encontrado neste livro, não têm sido grande novidade, porque tenho lido outros autores que têm mencionado coisas idênticas, ideias semelhantes. No entanto, a forma como o autor expõe a sua história tão clarividente é refrescante e constitui uma nova peça para construção de um grande puzzle...um puzzle que abarca a vida na sua essência, os seres humanos e os outros seres vivos e a própria Terra como algo grandioso fazendo parte de um enorme sistema vivo.


Segundo este autor, entrámos já numa nova fase, em que o homem, depois de instalado com o seu grande poderio económico e tecnológico, procura algo que sempre procurou e que tinha ficado em esquecimento...o porquê da vida, a essência da vida, a busca de algo mais...
Estou a gostar portanto, mas para os mais cépticos aviso...é diferente sim...urge ler com
OPEN MIND



Recados e Imagens - Paisagens - Orkut

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

No meio dos mergulhos e dos caixotes!!


Já estou "quase" na minha casa nova, perto da casa da mamã, o que dá muito jeito...sempre é outro apoio!


As minhas férias vão decorrendo, entre mergulhos no mar e arrumação de caixas e caixotes e tralhas, a par de burocracias que existem quando se muda de casa.


A decisão de mudar foi antecipada, prevendo que existiriam mais hipóteses de colocação para as bandas da margem sul e também mais, muito mais, apoio familiar. Foi difícil esta decisão, mas pareceu-me a mais sensata, aquela que era o correr "normal" da vida. Regressei à base portanto, e passados 19 anos, sensivelmente!


A cidade onde eu residia, onde nasceu um dos meus filhos - VIseu, é de facto uma linda cidade, cheia de flores, espaços verdes, organização, limpeza...enfim, muito do que infelizmente não existe no meu novo poiso.


Agora vos digo...livrem-se o mais possível das tralhas que tÊm por casa, porque meus caros...na hora de mudar (se tiver que ser, porque a vida é composta de mudança!), vai ser muito complicado encaixotar tudo!!!


Eu vou ...tentar SER mais do que TER


(não sei se vou conseguir:-))!!


Continuação de BOAS FÉRIASSSSSSS
P.S. Assim que me for possível vou colocar uma foto aqui dos meus próprios caixotes!!

terça-feira, 22 de julho de 2008

Pausa


Este blogue encontra-se em PAUSAAAAA...é que a respectiva dona, está de férias e a gerir grandes alterações na sua vida...estou em mudanças...rumo a sul!!

Mas, assim que estiver mais assente, alimento novamente este meu canto, fica combinado.

Beijos e abraços do tamanho do mundo a todos vós, com os desejos de umas excelentes férias!

Até Já!!

quarta-feira, 16 de julho de 2008

Para quem está agora a manifestar as preferências de colocação no concurso nacional de professores...



Estou agora a preencher as minhas preferências pelos distritos, concelhos, escolas, etc, para onde estou disponível a ir para o próx. ano lectivo.


Muitas vezes tinha dúvidas acerca dos locais...por exemplo: Alcochete fica mais perto da minha residência? ou Setúbal ou Barreiro? Etc.


Como tal, decidi ir à procura de uma mapa...ora quanto mais interactivo melhor. Seria óptimo encontrar daqueles em que se conseguisse movimentar e aproximar e colocar o local e zás lá aparecia o sítio que andávamos à procura!


Então descobri isto:




Decidi partilhar convosco, porque pode dar-vos jeito!


Movimentem-se com o botão esquerdo do rato e para aproximarem as terrinhas, façam rodar aquela rodela do rato a meio dos seus botões. Explorem...penso que vale a pena...


Ahhh ... boas escolhas!!

domingo, 13 de julho de 2008

Dia de festa cá em casa!

Recados e Imagens - Feliz Aniversário - Orkut


HOje foi dia de festa cá em casa...o meu filhote mais velho fez 11 aninhos!!

É pahhh sinto-me mesmo velhota! O rapaz já está quase da altura da avó, calça o 40 (pasmem-se) e já é um verdadeiro homem!!

Fomos ao cinema, duas mulheres e 6 crianças!!! Ver o Panda Kung Fu, de que gostamos imenso, adultos e crianças!

Depois brincamos, lanchamos, jantamos...foi um dia feliz e em cheio.

Que sejas muitoooooo felizzzzzzzzz e que fiquem marcados estes momentos tão bons da tua infância, para um dia te recordares quando fores um homem grande.