Um cantinho para sonhar, desabafar, partilhar, divulgar, voar, sorrir, emocionar...o meu cantinho secreto!

Foto tirada pela girafa antes de se transformar em Nenúfar...na vida real - Lago de Jardim em Mafra.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

R E V O L T A D A


Pois, eu pessoa calma, tranquila e ponderada sinto-me por vezes assim..e estou estou assim!

Motivo: alguém que por diversos motivos me "fez saltar a tampa", às vezes basta alguém não ter determinada regra de civismo, como passar descaradamente à frente na fila onde esperamos infinitamente, ou outra coisa qualquer...aí ou noutra situação parecida eu viro-me do avesso, chamo a atenção para o caso e torno-me mesmo agressiva e gelada!

Hoje a situação que aconteceu é complicada para descrever. Agora que passou, a revolta que sinto é comigo, porque me queria dominar, não queria ser tão compulsiva e encher-me de uma paciência maior. Não consegui, e quem me ouviu vociferando para outra pessoa do outro lado da linha telefónica deve ter ficado surpreendido...eu estou mais infeliz que outra coisa, e, porquê? Porque a partir do momento em que nos descontrolamos, penso eu, perdemos a razão!!

Como devemos reagir a situações que achamos serem incorrectas?
Como devemos actuar em casos de falta de civismo?
Devemos ignorar? Devemos intervir?

Sei que os berros e agressividade de actos e palavras de nada servem, no entanto, esta é a resposta imediata que a maioria de nós tem no momento!

Um bom fim de semana ...tranquilo :-)

5 comentários:

Blue Eyes disse...

Minha querida todos nós temos atitudes das quais nos arrependemos... todos nós temos a tendência para o fazer 'a quente'... todos nós na maioria das vezes reflectimos e chegamos à conclusão que não deveríamos ter dito isto ou aquilo... ou reflectimos naquilo que ficou por dizer...
Não te martirizes pela tua atitude uma vez que esta foi o que te pareceu melhor no momento... às vezes não há como explodir do que ficar a 'remoer' no assunto... nem que depois tenhamos que nos justificar com a outra pessoa para lhe mostrar o porque da nossa atitude.

Seja o que tenha sido... espero que agora estejas mais serena...

Desejo-te boas férias, se já for caso disso, e que tudo corra bem.

Um grande beijinho para os 3 e tudo de bom... como merecem.

Shakti disse...

Nem sempre conseguimos controlar os nossos impulsos...não te esqueças que a nossa vida não é composta apenas por atitudes, mas também por sentimentos , pensamentos e palavras, que são acima de tudo os antecessores e os propulsores de todas as nossas acções !

bj

Nuno Sotto Mayor Ferrao disse...

Olá!

Nem sempre é fácil em situações limite agir com a dose certa de assertividade como gostaríamos! Há que cultivar a paz interior ( mais fácil de dizer do que fazer, como sempre! ) para que nos possamos "zangar" com os outros sem nos deixarmos embalar no estado de revolta ou raiva com os erros de incivilidade dos outros. Este é o ponto de equílibrio nem sempre fácil de manter.

Saudações cordiais, Nuno Sotto Mayor Ferrão
www.cronicasdoprofessorferrao.blogs.sapo.pt

Fátima André disse...

Minha linda nenúfar cor-de-rosa ou girafinha, como quiseres =)

Venho desejar-te umas excelentes férias, regaladas e regadas de muito descanso físico e psicológico. Vais ver que tudo o resto passa. Os finais de ano lectivo são sempre recheados de muito stresse, daí que muitas coisas que se fazem ou dizem não serem as mais rectas. Procura não dar muita importância ao que aconteceu, é passado. Não nos devemos ancorar nem ao passado, nem viver em função de um futuro incerto. O melhor mesmo é procurar viver o momento presente com intensidade, procurando SER e FAZER os outros felizes.
Beijokas e =)

Filoxera disse...

Nem sempre agimos da melhor forma.
Resta-nos analisarmos as nossas atitudes e fazer por não repetir os erros. Pelo menos em demasia...
:-)))